imagem artigo esocial

Para você, o eSocial está distante da sua empresa?

Esta é uma pergunta que todo empregador deverá se fazer e avaliar com clareza a sua resposta, principalmente aqueles que serão responsáveis pela entrega (envio e recepção) dos diversos eventos que compõem o eSocial.

Em uma pesquisa recente da Fenacon, observou-se que há um percentual alto de empresas que ainda não estão dando a devida atenção, a este, que é o maior projeto do governo federal na escrituração das informações fiscais, trabalhistas e previdenciários.

A complexidade não está somente no fato de abranger diversos entes federativos, mas, também, por englobar diversos departamentos da empresa, atingindo, inclusive seus colaboradores. Além de que inaugura uma nova tecnologia de transmissão das informações ao governo.

Muitos empregadores poderão estar tranquilos pensando ser somente mais uma transmissão de arquivos, como tantas outras que já são feitas pelo contribuinte, porém, o eSocial é diferente. Para aqueles que ainda não fizeram nada, ou muito pouco, é preciso ações imediatas para que consigam cumprir os prazos definidos no cronograma do eSocial.

Vale lembrar que no eSocial as regras de validação ficarão nos servidores do governo. Os envios de informações podem acontecer diariamente, através de arquivos não periódicos. Portanto, a necessidade da qualidade na informação é fundamental, tanto para evitar retrabalhos, quanto para evitar perda de prazo ou mesmo multas por entregas indevidas ou não efetuadas.

Avaliando um item inicial básico para a entrada no eSocial, vemos a necessidade da Qualificação Cadastral dos trabalhadores, sem a qual os eventos não serão aceitos pelos entes federativos. Este é um trabalho que todas as empresas já deveriam ter feito, pois já está liberado há muito tempo pelo governo.

No Questor, temos rotinas facilitadoras que permitem a qualificação de forma automatizada, gerando e validando as informações nos sites do eSocial, gravando os resultados no banco de dados do Questor. Essas funcionalidades permitem consultas, emissão de relatórios, históricos, enfim, o controle completo da rotina, evidenciando ao usuário, através de gráficos de acompanhamento, os percentuais já realizados para a Qualificação Cadastral.

Outro ponto que requer atenção, são as informações cadastrais do trabalhador. Anteriormente, ao cadastrar o trabalhador, nem todos os dados eram preenchidos, e estes, não eram solicitados em nenhum validador ou relatório. Com o eSocial a realidade é outra, campos que antes não eram obrigatórios irão invalidar a entrega caso não sejam ajustados.

Para esta situação, criamos no Questor rotinas de auditorias cadastrais, as quais executarão as regras de validação utilizadas pelos servidores do governo e retornarão ao usuário todos os campos que precisam ser revisados e corrigidos antes do envio do eSocial.

Nas auditorias do Questor, o usuário conseguirá identificar problemas como a falta de informações no endereço do trabalhador, documentos ou qualquer outro campo que seja utilizado pelo eSocial e que não esteja preenchido.

Para clientes que utilizam a ferramenta Zen do Questor, os ajustes poderão ser solicitados ao próprio cliente, com isso, o escritório fará somente a conferência e revisão antes de importar de forma definitiva no sistema, ou seja, o trabalho pode ser dividido para ganhar produtividade.

O tempo está curto, mas com as rotinas e ferramentas que disponibilizamos no Questor o trabalho poderá ser realizado com mais tranquilidade e segurança, contudo, a hora é agora, pois pode não haver tempo.

Você cliente Questor, entre em contato com nossas equipes de suporte, informe-se, utilize a CCQ para acompanhar nossos vídeos, treinamentos, tutoriais e os demais materiais que produzimos e estão disponíveis gratuitamente.

Você que ainda não é cliente Questor, solicite uma demonstração clicando aqui, veja todos os facilitadores que temos para lhe auxiliar nesta árdua tarefa.