Prazo “dilatado” para aderir ao eSocial em novembro.

 

Publicada no Diário Oficial de ontem, essa nova medida dilata o prazo, permitindo que Micro e Pequenas empresas e Microempreendedores Individuais possam ingressar no eSocial em novembro. A obrigatoriedade para demais empresas, com faturamento anual inferior a R$ 78 milhões, continua a partir do dia 16/07, essas empresas são consideradas como empresas do grupo II.

Todos temos acompanhado essa revolução que é o eSocial, o sistema constantemente vem se adaptando as demandas e adequando prazos. Com essa nova alteração, as classes contempladas ganham mais tempo para o ingresso e ficam obrigadas ao eSocial em novembro.

Como funciona a implantação para as empresas do Grupo II?

A implementação será de forma gradativa e dividida em 5 fases, iniciando em julho e terminando em janeiro de 2019.

  • 16 a 31/08:
    • Envio de informações de cadastro e tabelas de empresas;
  • Início em Setembro:
    • Inclusão na plataforma de informações relativas aos trabalhadores  e vínculos com as empresas;
  • Início de Novembro até o final de 2018:
    • Inclusão de informações referentes às remunerações e fechamento das folhas de pagamento no ambiente nacional;

“Nessa fase MEIs, Micro e Pequenas Empresas que ingressam no eSocial em novembro deverão prestar as informações referentes às 3 fases iniciais.

  • Início em Janeiro de 2019:
    • Substituição da guia de informações à previdência social (GFIP) pelo eSocial e inserção de dados da SST no sistema,
    • Empregadores PF e Contribuintes Individuais ingressam no eSocial.

 Acompanhe nosso blog, assine nossa newsletter e fique por dentro das novidades da Questor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *