Receita Federal do Brasil não irá mais disponibilizar acesso a consulta aos dados da NFe

rfb-bloqueia-acesso-nfe

Enfim, a prorrogação do acesso a consulta aos dados da Nota Fiscal Eletrônica (NFe) para terceiros está terminando (era para ter acontecido em abril de 2020, adiada para julho). Isso quer dizer que, a partir de 01 de julho de 2020, a Receita Federal do Brasil não irá mais disponibilizar acesso ao portal por entidades ou pessoas que não estejam envolvidas na operação, incluindo os contadores.

De acordo com a Portaria RFB 849/2020, que altera a Portaria RFB nº 2.189, de 6 de junho de 2017 e revoga a portaria RFB nº 519, de 18 de março de 2020, somente Emitente, Destinatário ou outros que foram citados no documento XML, poderão consultar a NFe pela chave de acesso através do Portal da Nota Fiscal Eletrônica.

Essa proibição impedirá o funcionamento de programas gratuitos para baixar XML sem certificado digital, utilizado por milhares de contadores em todo Brasil.

O grande motivador da Receita Federal é resguardar informações conditas nas notas fiscais. Dados como preços e quantidades vendidas eram muito cobiçados entre um concorrente e outro, incluindo assédio a colaboradores e entregadores para ter acesso aos documentos fiscais.

Porém, esse acesso era muito importante aos escritórios de contabilidade, pois ao baixar o xml poderiam ter acesso às informações e realizar as rotinas das empresas que atende dentro do escritório, sem aguardar o recebimento dos documentos por parte do cliente, e sem usar os certificados digitais dos clientes.

E como continuar trabalhando com essa mudança?

A Questor está sempre preparada para atuar de forma correta e segura, tanto para os escritórios de contabilidade, quanto aos clientes finais. Por isso, você pode continuar contando com ferramentas para realizar o trabalho de busca das notas fiscais de entrada e saída.

O Connect é uma aplicação que age através do certificado digital A1 ou A3, realiza a busca e o download automático dos XML’s das notas fiscais de entrada emitidas contra o contribuinte, diretamente do Portal da Nota Fiscal Eletrônica, com opção de manifestação. Depois de baixados, os arquivos ficam salvos e organizados em estrutura local da empresa ou do escritório.

Além dos XML’s de entrada, a aplicação busca, também, no sistema de gestão da empresa, os arquivos XML´s de saída da NF-e, CT-e, CF-e e NFC-e, organizando de forma sistemática todos os documentos fiscais eletrônicos.

Além disso, através da integração do Questor Connect com o módulo q-Drive do Portal Zen, a eficácia do gerenciamento destes documentos eletrônicos aumenta, uma vez que a comunicação fica muito mais ágil e automático. No momento em que forem transferidos para o q-Drive, os arquivos ficam salvos em nuvem, atendendo integralmente as disposições legais do governo e disponíveis aos clientes do Gestão Contábil.

Viu como é fácil? Se você quer saber mais sobre esses recursos, solicite uma demonstração. Não aguarde até dia 01 de julho para começar a sentir o impacto dessa mudança, inicie a melhoria desde já.

Clique aqui e solicite sua demonstração online e gratuita