Conecta Questor: Rafael Sacardo

Você conhece o Rafael Sacardo, nosso Encarregado de Produto do setor de Tecnologia?

Rafael está há 14 anos na Questor, contribuindo para o desenvolvimento de soluções de alta performance.

1 – O que é a Questor pra você, o que ela significa na sua vida?

Toda minha vida profissional se desenvolveu dentro da Questor.

2 – Qual setor você atua e quais as responsabilidades do departamento?

Já trabalhei em várias áreas. Atualmente estou focado na parte de tecnologia, em que buscamos melhorar as nossas rotinas a nível de performance.

3 – O que tem de mais motivador no seu departamento?

O que tem de mais motivador no meu setor é saber que podemos melhorar e evoluir todos os dias as nossas rotinas.

4 – Se você pudesse definir o seu setor em uma palavra, qual seria?

Dedicação.

5 – Me conta sobre a sua trajetória aqui na Questor.

Iniciei minha trajetória na Questor no ano de 2007, sem experiência nenhuma na área. Trabalhei no setor fiscal, depois mudei para o departamento de um novo produto, e atualmente estou no setor de Tecnologia. Durante esse período, assumi várias funções e diversas responsabilidades. Por muitas vezes, precisei me adaptar à situação. Em outros momentos, tive que deixar a parte técnica de lado para fazer um pouco mais de gestão de pessoas, fazendo com que eu crescesse muito, tanto como ser humano quanto como profissional.

6 – O que você aprendeu trabalhando na Questor? (lições, processos, atividades).

Sempre gostei muito de processos, e por isso, sempre me dei muito bem trabalhando aqui. A Questor nos oportuniza o crescimento em todos os âmbitos da nossa vida. Ela investe nas pessoas. O que faz a Questor se adaptar ao mercado e crescer, são as pessoas. O resultado final é a junção do esforço de todos os colaboradores e de todos os departamentos.

7 – Me conte sobre um momento que você teve na Questor e que nunca vai esquecer, mudou ou marcou sua vida?

Quando assumi o time Fiscal, precisei deixar um pouco de lado a parte técnica, assumindo algumas responsabilidades a nível de gestão. Foi nesse momento que precisei evoluir como pessoa, passando a lidar com diversas situações com os demais setores. Foi nessa etapa que ampliei a minha visão a nível de empresa e a nível de negócio.